O Windows Live Messenger acabou

Quando se pensa em bate-papo na internet é quase impossível não se lembrar da febre que foi o MSN. O Windows Live Messenger, da Microsoft, marcou uma era. Se tornou uma das ferramentas mais fortes da companhia, foi absoluto entre o fim dos anos 90 e o começo dos anos 2000, e agora, orgânica e naturalmente, chega ao seu “fim”. A Microsoft vai desabilitar no final de março esse serviço/software e irá mover sua base de usuários para o recém-adquirido Skype. A ascensão do Facebook, o uso massivo das ferramentas do Google integradas ao Gtalk, serviço de bate-papo da gigante de busca, e o avanço avassalador da comunicação entre dispositivos móveis tirou a força do MSN e inevitavelmente levou a sua reestruturação. Agora, a Microsoft acha mais interessante focar no Skype, líder em comunicação com áudio e vídeo entre computadores, e levou os usuários do MSN para lá. Será que isso dará um novo ânimo ao saudoso software do bonequinho azul? Ou será que o ciclo de vida desse importante e já histórico trocador de mensagens instantâneas acabou?

Nenhum comentário
Seja o primeiro a comentar!

Deixe um comentário

* required